Veja mais

Sobre o Seguro Agrícola

Durante meses, trabalhadores rurais plantam e lavoram no campo, investem todos seus esforços, recursos e dedicação ao plantio; tudo à espera da colheita. No entanto, se o clima não for favorável ao plantio ou se houver imprevistos como granizo, geada, estiagem, incêndio e outros fatores que podem destruir toda a plantação e deixar para o agricultor apenas o prejuízo de meses de trabalho.

Diante deste cenário, cada vez mais produtores estão procurando um seguro agrícola como alternativa segura para sua lavoura.

Veja a página completa do seguro agrícola

O que é um Seguro Agrícola?

O Seguro Agrícola é uma modalidade do seguro rural que garante o plantio contra os prejuízos causados por eventos climáticos, ou por incêndio.

Ele garante ao produtor, em caso de sinistro, a indenização pelo rendimento esperado com a venda da colheita das suas plantações, frutas ou hortaliças e cobre danos causados por eventos climáticos. 

A cobertura também se estende à lavoura contra incêndio, inundação e outros riscos. Podem ser contratados por agricultores de qualquer porte e abrange todo o território nacional.

Quais as vantagens de fazer um Seguro Agrícola?

Diferenças entre Seguro Rural e Seguro Agrícola

A diferença entre estes seguros, gera muitas dúvidas inclusive para os profissionais na área agropecuária. É comum vermos agricultores ficarem confusos entre os programas oferecidos pelo governo (Proagro) e o seguro rural privado.

O seguro rural é mais amplo, pois engloba vários seguros referente a propriedade rural, percuária e agricultura. Além de permitir que o produtor se proteja contra a perda de sua plantação, ele também é responsável pela proteção da atividade pecuária, do patrimônio do produtor rural e seus produtos; além do seguro de vida dos produtores.

Por tem grande abrangência, o seguro rural se subdivide em nas seguintes modalidades:

Veja mais informações sobre
seguro rural e seguro agrícola

Sobre o Crédito Agrícola

Quem lida com a agricultura sabe que suas atividades, sobretudo a colheita, estão suscetíveis às intempéries climáticas. Períodos de estiagem e chuva intensa, por exemplo, impactam na produção da lavoura e no preço final dos produtos, o que reflete na receita do negócio. Por isso, é fundamental estar protegido e contar com um seguro agrícola de qualidade.

Quando o assunto é proteção contra os riscos decorrentes de fenômenos naturais, não é incomum que os agricultores tenham dúvidas acerca de quais produtos e serviços são mais indicados para assegurar a rentabilidade e o crescimento de seus negócios. Afinal, além dos seguros, o crédito rural também oferece proteção financeira ao produtor.

O crédito agrícola visa conferir a proteção financeira ao produtor rural nos casos em que sua lavoura é afetada por eventos da natureza, sobretudo os climáticos. Em contrapartida, o crédito rural é uma modalidade de financiamento das atividades agropecuárias. Seu principal objetivo é fornecer, ao produtor e a associações e cooperativas do campo, recursos financeiros para a expansão e o desenvolvimento das atividades relativas à pecuária e à agricultura.

Veja mais sobre
Diferenças de seguro e crédito agrícola

O que é o Proagro

Proagro é um programa do Governo Federal que tem como objetivo principal exonerar o produtor rural das obrigações financeiras decorrentes da obtenção do crédito rural, nos casos em que o pagamento foi dificultado por fenômenos naturais, doenças e pragas nas lavouras ou rebanhos.

No âmbito do Proagro, foi criado o Proagro Mais, que é destinado exclusivamente aos pequenos produtores, ou seja, apenas àqueles que se enquadram no Pronaf. Nesses casos, além da exoneração das obrigações, o produtor terá direito à indenização pelos recursos próprios utilizados no custeio ou investimento na atividade rural, bem como à renda mínima da produção agrícola vinculada ao custeio rural.

É importante salientar que nem todos os eventos naturais são acobertados pelo Proagro. Confira, a seguir, algumas das situações que são indenizáveis:

Como você pôde perceber, existem inúmeros eventos que não estão inclusos no âmbito de proteção do Proagro, por exemplo, os casos de erosão, os incêndios naturais etc. Além disso, se as perdas decorrem de ausência de cumprimento das exigências do Programa, o produtor não terá direito à indenização.

Quem pode contratar o Seguro Agrícola?

Qualquer produtor rural, sendo pessoa física ou jurídica, pode contratar este seguro. Para isto é necessário que ele esteja dentro das recomendações do ZARC, Zoneamento Agrícola de Risco Climático.

A cotação e contratação pode ser feita de simplificada, diretamente online pelo nosso site.
Veja como contratar o seguro agrícola.


Veja também: